terça-feira, 6 de outubro de 2009

...

Não tenho dinheiro pra pagar a minha ioga
Não tenho dinheiro pra bancar a minha droga
Eu não tenho renda pra descolar a merenda
Cansei de ser duro vou botar minh'alma à venda.
Eu não tenho grana pra sair com o meu broto
Eu não compro roupa por isso que eu ando roto
Nada vem de graça nem o pão nem a cachaça
Quero ser caçador ando cansado de ser caça!

Um comentário:

Má Straci disse...

somos "duras", não pagamos nossa droga, gostamos de zeca baleiro, e não vamos vender nossa alma. e isso é tudo, pessoal.